Centro de Check-UP cardiovascular

(41) 3342-6000

(41) 99229-2299

Conheça o Instituto Angio Cor !

Agende sua consulta!

Dicas de
Saúde

Angio Cor na campanha contra o câncer de próstata

A campanha Novembro Azul conscientiza sobre prevenção e riscos da doença

O câncer de próstata atinge grande parte da população masculina e, mesmo assim, ainda é um tema que enfrenta muitas barreiras. De acordo com INCA, mais de 61 mil casos surgiram em 2016*, sendo o tipo de câncer que mais leva os homens ao óbito.

Além de levar informação, o Novembro Azul visa acabar com o preconceito acerca da prevenção, diagnóstico e cura da doença que hoje aflige cerca de 1 a cada 6 homens. É sabido que o envelhecimento da população é um dos fatores que contribuem para a incidência da doença no país, porém o tabu em relação aos exames ainda atrasa muitos diagnósticos, que são fundamentais para um tratamento de sucesso.

A Angio Cor disponibiliza a especialidade de Urologia, sob o comando do Dr. Jair de Campos, que respondeu algumas das principais dúvidas acerca do câncer de próstata. Confira abaixo e marque já sua consulta preventiva:

Como são os sintomas do câncer de próstata quando surge no homem?

Dr. Jair de Campos:

“O câncer de próstata é uma doença perigosa também por ser assintomática. O paciente geralmente não apresenta sintomas, ou, quando eles existem, geralmente são relacionados a outras doenças da próstata, e não necessariamente ao câncer. Dificuldades ou dor ao urinar, dores na virilha ou região pélvica, podem ser sinal de Prostatites (infecções na próstata) ou mesmo Hiperplasia Prostática Benigna (crescimento natural da próstata). Portanto, o exame periódico de prevenção é de suma importância para o diagnóstico precoce da doença.”

É verdade que existe uma relação entre tabagismo, consumo de álcool e o sedentarismo com o câncer de próstata?

Dr. Jair de Campos:

“A própria idade avançada está entre os fatores de risco, assim como o histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais. E sim, fatores como maus hábitos alimentares, consumo alto de gordura animal, sedentarismo e excesso de peso contribuem para o aparecimento de diversas doenças, entre elas, o câncer de próstata. O ideal é que adotemos uma dieta equilibrada somada à prática de exercícios. Isso beneficia o corpo todo, fortalece a imunidade e ajuda na prevenção da doença.”

Ainda existe muito tabu em relação ao exame? Ele machuca o homem? Qual seu nível de eficácia?

Dr. Jair de Campos:

“Os tabus vem sendo vencidos, mas ainda persistem, sim. Isso acaba retardando a consulta e atrapalha na hora em que o câncer de próstata e outras doenças sejam detectados com antecedência. Os homens precisam saber que o exame é muito simples e rápido, feito na própria clínica.”

“O exame de sangue PSA somado ao exame de toque é o método mais seguro de rastreamento da doença. Incorporar o exame à rotina de saúde do homem garante mais tranquilidade e controle sobre sua vida. Os benefícios de uma consulta preventiva superam, e muito, o pequeno desconforto que os exames podem causar, sem dúvidas.”

A partir de que idade o homem deve incluir o exame na sua rotina de saúde?

Dr. Jair de Campos:

“Caso já existam casos de câncer na família, entre pai, irmão ou tio, a prevenção deve começar a partir dos 45 anos. O mesmo vale para os homens negros, que são mais suscetíveis à doença. Já para quem possui uma dieta equilibrada, está com o peso proporcional à altura e não possui histórico familiar da doença, a prevenção pode começar aos 50 anos. É importante frisar que o check up deve fazer parte do cotidiano masculino tanto quanto faz de uma criança ou das mulheres, e também porque com o avanço da idade é normal que surjam algumas doenças.”

Quais as chances de recuperação se o câncer for diagnosticado no início?

Dr. Jair de Campos:

“São altas, se detectada cedo, a doença possui cerca de 90% de chances de cura. Na detecção do câncer de próstata, o paciente pode ser tratado por meio de radioterapias, cirurgia ou mesmo bloqueio hormonal, varia muito de paciente para paciente e também depende do estágio da doença. O tratamento é sempre individualizado e, se diagnosticado e tratado no início, o câncer de próstata tem os riscos de mortalidade bastante reduzidos.”

A maior riqueza que podemos ter ainda é a saúde.

voltar a dicas de saúde

Entre em contato e agende sua consulta: (41) 3342-6000 / 9229-2299